× Fechar menu
Licitação ao vivo
, clique aqui
Prefeitura Municipal de Tibagi

Pavimentação da rua Ernesto Kugler avança e entra em fase final

O recape asfáltico já está pronto desde a Irineu Gobo até a rua Machadinho e da Coronel Espírito Santo até a Avenida Homero Talevi Campos. Alguns trechos, ainda sem recape, passarão antes por escavação e remoção de solo para então receber a capa asfáltica

Na última semana a obra de pavimentação da Rua Ernesto Kugler entrou numa nova fase com a finalização do recape asfáltico em grande parte da extensão total da via.O pavimento já está pronto desde a rua Irineu Gobo até a rua Machadinho e da Coronel Espírito Santo até a Avenida Homero Talevi Campos. Alguns trechos ainda sem recape passarão antes por escavação e remoção de solo para então receber a capa asfáltica. Nesta semana as máquinas estão entre as ruas Coronel Espírito Santo e Braulio Bueno de Camargo. 

De acordo com o engenheiro civil da Prefeitura, Josemar Scheraiber, essa intervenção é feita para dar uma qualidade ainda maior ao resultado final. “Quando se faz um projeto de reforma, mudança de pavimento de um trecho, primeiro é feita uma sondagem, que identifica se a base suporta um pavimento rígido, como é o asfalto. No caso, fizemos sondagens a cada intervalo e observamos que nessas duas quadras a sub-base era de um material muito ruim. Aqui na realidade era um lago, por isso um solo turfoso, ruim. Precisamos remover a camada que existe, escavar e repor isso com um material nobre, cascalho, rachão, para fazer o reforço”, disse.

Scheraiber ainda explicou que as duas quadras que ainda passarão pelo processo de recuperação do solo foram as que apresentaram maiores problemas de formação, por isso teriam sido deixadas para o final da obra. A previsão é de que o serviço dure até dez dias, se não ocorrer chuvas no período.

Em outros trechos mais pontuais, as remoções foram feitas paralelamente às galerias pluviais.

Após o término da aplicação do recape asfáltico, a via receberá as obras de urbanismo, com a reformulação e construção de algumas calçadas e a sinalização vertical e horizontal. “Tibagi está num processo crescente de mudança. Vamos implantar os passeios em paver, para que no futuro, moradores que tenham a intenção de mudar sua calçada, sigam o padrão adotado pela Prefeitura, que é mais prático e fácil de fazer manutenção”, ressalta.

Frei Gaudêncio

As obras na rua Frei Gaudêncio também passam pelo mesmo processo que as da rua Ernesto Kugler.Nesta segunda-feira (13), os trabalhos para remoção e compactação do solo avançaram mais uma quadra, por isso, a Frei Gaudêncio ficará fechada até a região próxima a nova subestação da COPEL. Moradores ou visitantes que chegarem a Tibagi pela via terão que fazer um desvio através das ruas Barão de Antonina ou Ana Beje, para chegar ao centro.O trânsito de caminhões ou veículos pesados está impedido na via desde o início do mês.

Já, no sentido Frei Gaudêncio/Nequinho, a rua Alexandre Pinto Júnior ficará liberada somente a partir da rua Padre Ferrúcio, que é mão única. No entanto, ficará impedida no sentido contrário, bairro/Frei Gaudêncio, desde o entroncamento das ruas Romualdo Bogdanovicz e Estrada Velha.A execução das obras na Ernesto Kugler e na Frei Gaudêncio serão parecidas, mas como a última é uma via de ligação entre a BR 153 e o centro da cidade e o fluxo de veículos pesados é muito maior, o pavimento será duplo. A via também será totalmente revitalizada, com modernização de passeios e ciclovia e custará cerca de R$ 3,2 milhões.

Galeria de fotos


Compartilhe nas redes sociais: