× Fechar menu
Licitação ao vivo
, clique aqui
Prefeitura Municipal de Tibagi

Vigilância Epidemiológica é responsável pelo monitoramento dos casos de Covid-19

Setor segue todos os protocolos previstos pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria de Estado da Saúde

28/07/2020 em SAÚDE

A Vigilância Epidemiológica é o setor responsável pelo monitoramento do quadro de casos suspeitos e confirmados de Covid-19 em Tibagi. Os profissionais responsáveis seguem protocolos rigorosos previstos pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), e hoje contam com três servidores para dar conta de toda a demanda. Atualmente o município conta com 95 pacientes positivados, 46 recuperados, seis óbitos, 43 pessoas em tratamento, 207 descartados e 74 em investigação.

Segundo a responsável pelo setor Ana Claudia Mercer, no momento em que o paciente desenvolve os sintomas e procura o serviço de saúde ele já é notificado e entra em isolamento domiciliar. “O termo de isolamento já é assinado na hora da consulta e o paciente informa seus contatos próximos, aqueles do núcleo familiar que tem contato direto, para que eles também entrem em quarentena", explica.

Ana Claudia ainda reforça que a Epidemiologia não tem a obrigação de lavrar multas, mas sim realizar esse acompanhamento clínico dos pacientes.

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), os diagnósticos de Covid-19 devem ser feitos por testes de RT-PCR. Após a coleta destas amostras,  a  Vigilância Epidemiológica organiza o transporte e faz a requisição dos exames enviados ao Laboratório Central do Estado (Lacen).

Enquanto o caso suspeito aguarda seu resultado, ele e seus contatos próximos informados devem permanecer em isolamento domiciliar. Se saírem, eles podem responder por crime contra a saúde pública, previsto no artigo 268 do Código Penal Brasileiro.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) reforça que o próprio contaminado precisa passar seus contatos próximos, aqueles que tiveram contato direto para que ocorra o monitoramento correto.


Compartilhe nas redes sociais: