× Fechar menu
Licitação ao vivo
, clique aqui
Prefeitura Municipal de Tibagi

Sanepar retoma corte do fornecimento de água a partir de 12 de junho

Cliente é avisado previamente e pode parcelar débitos em até 60 meses

12/06/2023 em NOTAS

Depois de 41 meses sem suspender o fornecimento de água por falta de pagamento, a Sanepar retomará o corte no próximo dia 12 de junho. A Companhia tem mantido o abastecimento ininterrupto, mesmo para os inadimplentes, desde janeiro de 2020, devido à pandemia de covid e, depois, pela dificuldade econômica das famílias. Ou seja, são três anos e cinco meses em um histórico sem similar em nenhuma empresa, de qualquer setor, no Brasil.
 

Será cortado o fornecimento de água para débitos superiores a 48 dias. Em paralelo, a Sanepar está mantendo o programa de refinanciamento, o Reclip (https://site.sanepar.com.br/clientes/reclip), que possibilita o pagamento de faturas em atraso com prazo de até 60 meses e condições especiais para os devedores.
 

Antes de cortar a água, o cliente recebe avisos e comunicados com tempo hábil para que ele quite seus débitos ou entre em contato com a Companhia para negociar o parcelamento do pagamento.
 

A Sanepar também poderá cadastrar as famílias no programa Água Solidária, com desconto em torno de 77% em relação ao valor convencional. Mesmo quem tem débitos em atraso, se atender aos critérios, poderá aderir ao programa, que beneficia atualmente cerca de 318 mil famílias.
 

Para ajudar nas negociações e facilitar ao máximo o atendimento aos clientes, a Sanepar irá abrir várias Centrais de Atendimento em horário estendido, das 8h às 20h de segunda a sexta, a partir de 5 de junho. A partir do próximo dia 17 de junho, também abrirá aos sábados, das 8h ao meio-dia.
 

Além do atendimento presencial, as negociações de débito poderão ser feitas pelo 0800 200 0115, pelo whatsapp (41 99544-0115), pelo site da Sanepar (www.sanepar.com.br) e por email (atendimentoaocliente@sanepar.com.br).
 

PROCEDIMENTO DE AVISO DE DÉBITO E CORTE - Quando o cliente está com uma fatura em aberto, 15 dias depois do vencimento dessa fatura, ele recebe um primeiro aviso de débito. Dezesseis dias após o primeiro aviso, ele recebe um segundo alerta, com a colocação de uma fita adesiva no cavalete. Ainda não será suspenso o fornecimento de água. Somente 18 dias depois da colocação da fita, se não houver nenhuma manifestação do cliente para negociar ou quitar o débito, a Sanepar fará o corte. Ou seja, 48 dias após o débito.
 

ALERTA – Todas as cobranças pelos serviços da Sanepar são feitas diretamente na fatura mensal. Mesmo as negociações de débitos, com parcelamentos, os valores constam da fatura. Não há cobrança em dinheiro por nenhum empregado da Companhia, nem pedido de transferência para contas bancárias.


Compartilhe nas redes sociais: